Aneel prorroga consulta pública sobre GD

Aneel aprova a implantação da PCH Cachimbo, em MT
19 de novembro de 2019
Cientistas desenvolvem folha artificial solar produz combustível limpo
22 de novembro de 2019
Mostrar tudo

Aneel prorroga consulta pública sobre GD

Proposta da agência prevê a revisão dos subsídios embutidos no sistema de compensação da energia produzida por consumidores

 

A diretoria da Agência Nacional de Energia Elétrica adiou por 30 dias o prazo e contribuições da consulta pública sobre a revisão das regras de micro e minigeração distribuída. O período de contribuições passou de 30 de novembro para 30 de dezembro, para atender pedidos de adiamento feito por representantes do segmento.

 

 

 

A proposta da Aneel  prevê a revisão dos subsídios embutidos no atual sistema de compensação da energia injetada na rede por consumidores que produzem a própria energia. Ela estabelece um período de transição para  instalações existentes ou com autorização de acesso à rede de distribuição até a mudança da norma.

 

 

 

Para novos sistemas de geração que atendem consumidores remotos, a  tarifa de uso da rede e demais encargos seriam cobrados em sua totalidade já a partir de 2020. Já nos novos sistemas de microgeração local, parte desse custo seria cobrado no ano que vem, e a totalidade dos custos quando a capacidade instalada atingir determinado patamar dentro da área da concessão de cada distribuidora.

 

 

 

Esse assunto ainda vai render muita discussão. A forma de prepararmos o sistema de distribuição para as novas tecnologias que já estão presentes e as que ainda virão não será algo muito fácil de fazer.

 

 

 

Cada fonte, cada tecnologia, vai querer ter oportunidade de introduzir as melhorias que acha recomendável. Aquelas é claro, que estiverem atentas e mobilizadas em torno de suas entidades representativas.

 

 

 

 

Escrito por: Sueli Montenegro
Fonte: Canal Energia
Link da notícia: 
https://www.canalenergia.com.br/noticias/53118552/aneel-prorroga-consulta-publica-sobre-gd

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *