Hélvio Guerra é indicado para substituir Rodrigo Limp na Aneel

Hidrelétricas perderão espaço na geração de energia para solar e eólica
17 de março de 2020
Consumo de energia e combustíveis tem queda brusca no Brasil com avanço do coronavírus
24 de março de 2020
Mostrar tudo

Hélvio Guerra é indicado para substituir Rodrigo Limp na Aneel

O presidente Jair Bolsonaro encaminhou ao Senado Federal, para apreciação, o nome de Hélvio Neves Guerra, para exercer o cargo de diretor da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), substituindo o diretor Rodrigo Limp Nascimento, que irá para a Secretaria de Energia Elétrica do Ministério de Minas e Energia (MME). A exoneração de Limp, em virtude da renúncia, também foi publicada nesta terça-feira, 17/03, por meio do decreto publicado no Diário Oficial da União.

Guerra é engenheiro eletricista e mestre em Sistema Elétrico de Potência formado pela Universidade Federal de ltajubá (Unifei), com doutorado em Planejamento Energético pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp).  Ele iniciou sua carreira na Aneel em 2001, quando foi superintendente de Estudos e Informações Hidrológicas e, de dezembro de 2004 a outubro de 2006 atuou como superintendente de Licitações e Controle de Contratos e Convênios. Em novembro de 2006 assumiu a Superintendência de Concessões a Autorizações de Geração.

Hélvio Guerra deverá passar por uma sabatina da Comissão de Infraestrutura (CI) do Senado, ainda sem data marcada.

Fonte: MegaWat

Escrito por:Natália

Link da Noticía: https://megawhat.energy/news/87716/helvio-guerra-e-indicado-para-substituir-rodrigo-limp-na-aneel

Comentário da ENERCONS

O Engenheiro Hélvio Guerra merece a nomeação como Diretor da Aneel.


Seu trabalho à frente da superintendência de concessões e geração foi perfeito,graças a ele já há 4 anos a Aneel apresenta índices de produtividade europeu ou até chineses na eficiência com que promove a análise de inventários hidrelétricos,análise de projetos básicos,de PCHs,de usinas eólicas,usinas a biomassa e de outras modalidades,porém sua grande atuação embora discreta,ocorreu quando ao lado do atual Diretor geral André Pepitone e do ex Diretor Reive Barros e do Diretor José Jurhosa.

Esse conjunto de dirigentes da agência promoveram a alteração dos procedimentos de análise de projetos básicos e PCHS que estavam parados na agência durante até 10,12 anos.

É preciso registrar o que acontece de bom neste país,não apenas o que acontece de mal,e graças a atividade do Dr. Hélcio e de seu companheiro  de Aneel,também seus funcionários,7 mil kW, metade da usina de Itaipu foi disponibilizada ao mercado para gerar energia de fontes renováveis.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *