Capacidade eólica pode crescer 112% na década

Comerc vê recuperação do consumo no ML em maio
23 de junho de 2020
Consumo cai mais de 11% e inadimplência sobe 17% em Santa Catarina
23 de junho de 2020
Mostrar tudo

Capacidade eólica pode crescer 112% na década

Estimativa da Wood Mackenzie leva em consideração o impacto da pandemia de coronvírus que será mais sentida neste ano, média projetada é de 77 GW


A consultoria Wood Mackenzie indica que a despeito da pandemia do novo coronavírus espera que as adições globais de capacidade de energia eólica fiquem a uma média anual de 77 GW entre 2020 e 2029. Se essa previsão se confirmar, ao final desta década o consolidado representará um crescimento de 112% na capacidade instalada global quando comparada ao final de 2019.


Segundo relatório ‘Atualização da Perspectiva de Mercado Eólico Global: 1T 2020’ (na tradução livre do inglês), 62 GW de capacidade eólica foram adicionados nos 12 meses de 2019, o que representa um aumento de 23% em relação a 2018 e o segundo maior total anual após 2015, quando alcançou 63 GW.


A consultoria aponta que a aceleração na implementação deve-se ao ritmo induzido por políticas na China e nos Estados Unidos, que provocou um aumento de 11,5 GW nas adições de capacidade líquida global de 2019 em comparação com 2018. E, acrescentou, embora a história para 2019 seja positiva, 2020 não seguirá esse caminho por conta do impacto da pandemia.


As adições anuais na América Latina terão uma média superior a 4 GW. O desenvolvimento do mercado livre no Brasil, a execução dos prêmios inaugurais de leilão na Colômbia, a oportunidade apresentada pelas aposentadorias de carvão no Chile e a crescente demanda do segmento de no México apresentam potencial de contribuirão para um crescimento médio anual de 9% na região de 2020 a 2029.


Já o cumprimento das metas de energia e clima da UE para 2030 impulsionará a adição de 225 GW na Europa durante o período de previsão, de acordo com Wood Mackenzie. Por lá, as restrições de terra em países maduros impulsionarão um quarto do crescimento da Europa no exterior, onde o setor compreenderá 32% das adições na Europa Ocidental e 43% das adições no Norte da Europa entre 2020 e 2029.


Por sua vez, as restrições da cadeia de suprimentos e os atrasos causados ​​pelo coronavírus reduzirão o potencial de crescimento de curto prazo na China, mas os desenvolvedores ainda conseguirão conectar 26 GW de energia eólica à rede em 2020 por lá.


Fonte : Canal Energia


Escrito por : Maurício Godoy


Link da Notícia :https://www.canalenergia.com.br/noticias/53130542/capacidade-eolica-pode-crescer-112-na-decada

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *