Aneel define PLD mínimo e máximo para 2019

Report: More than 680 GW of new wind to come online over next decade
19 de dezembro de 2018
CCEE lança contabilização sombra com dados individualizados
19 de dezembro de 2018
Mostrar tudo

Aneel define PLD mínimo e máximo para 2019

Agência também publicou as tarifas de otimização de energia e de Itaipu

 

 

O valor do PLD_min para 2019 será de R$ 42,35/MWh e do PLD_máx, R$ 513,89/MWh. Os valores do Preço de Liquidação das Diferenças (PLD) foram definidos nesta terça-feira, 18 de dezembro, pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) e são válidos a partir de 1º de janeiro.

O PLD mínimo é calculado com base no maior valor entre a Receita Anual de Geração (RAG) das usinas hidrelétricas em regime de cotas e as estimativas de custos de geração de Itaipu. O PLD máximo será o valor do Custo Variável Unitário (CVU) mais elevado de uma termelétrica a gás natural em operação, neste caso foi usado o CVU da UTE Mário Lago.

Em carta enviada à Aneel, a Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE) sugeriu que a agência aproveite os “atuais esforços para assegurar a entrada em vigência do PLD em etapas horárias a partir de 2020” para rediscutir a metodologia para determinação do PLD_máx.

No mesmo processo, a Aneel definiu Tarifa De Energia de Otimização (TEO) para 2019 em R$ 12,41/MWh. A TEO é calculada visando cobrir os custos incrementais de O&M das usinas hidrelétricas e o pagamento da compensação financeira referente à energia transacionada no Mecanismo de Realocação de Energia – MRE.

Também foi definida a Tarifa de Energia de Otimização da Usina Hidrelétrica de Itaipu, que será de R$ 35,97/MWh, com vigência a partir de 1º de janeiro de 2019. A tarifa é estabelecida pelo custo variável calculado com base em informações prestadas pela Eletrobras e convertido pela média geométrica do dólar dos últimos doze meses.

 

Fonte: Canal Energia – 18/12/2018

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *