Os 10 maiores aerogeradores do mundo

‘Mini usina hidrelétrica’ começa a funcionar no Parque Barigui
4 de outubro de 2019
Eólica de 200 MW no Paraná
11 de outubro de 2019
Mostrar tudo

Os 10 maiores aerogeradores do mundo

Neste artigo apresentamos os maiores aerogeradores do mundo, neste momento. À medida que a energia eólica tenta reduzir os custos de produção da eletricidade, os fabricantes têm procurado aumentar o tamanho dos aerogeradores.

Neste artigo apresentamos os maiores aerogeradores do mundo, neste momento. À medida que a energia eólica tenta reduzir os custos de produção da eletricidade, os fabricantes têm procurado aumentar o tamanho dos aerogeradores.

 

Economica e ambientalmente, esta mudança faz todo o sentido. Segundo um estudo realizado por cientistas suíços e holandeses, liderados por Marloes Caduff do Instituto de Engenharia Ambiental da ETH Zurich, quanto maior for o tamanho do aerogerador, mais sustentável será a eletricidade produzida. Este efeito deve-se tanto ao tamanho da turbina, como ao conhecimento e experiência adquiridos com a tecnologia ao longo do tempo.

 

Os critérios usados para esta lista são:

1. Capacidade de produção (1ª prioridade). Em segundo plano colocamos o diâmetro da turbina.;
2. Para ser incluído neste grupo a turbina eólica deve ter sido: construída e ter produzido energia;
3. A lista incluí as turbinas eólicas tanto onshore como offshore.

1. Vestas V164 9.5MW

O aerogerador Vestas V164 surgiu em janeiro de 2014, quase três anos após o projeto ser apresentado pela primeira vez em Londres.

 

O V164 é voltado para o sistema offshore, ou seja para ao largo da costa. As principais características são as pás com 80 metros de comprimento e uma nacelle muito leve, que venceu a categoria de inovação em design nos Windpower Monthly’s Annual Wind Turbine Awards.

 

Esta turbina, fabricada na Dinamarca e no Reino Unido, tem sido continuamente aumentada e atualmente situa a sua capacidade de produção nos 9.5 MW, com um diâmetro de 164 metros.

2. Adwen AD-180

O Adwen AD-180 é um produto offshore, de uma joint venture offshore entre a Gamesa e a Areva. Este aerogerador está a estabelecer uma nova referência no que diz respeito ao comprimento da lâmina, situando-se atualmente nos 88,4 metros, um registo maior do que as lâminas do MHI Vestas V164.

 

Com uma capacidade de 8 MW e 180 metros de diâmetro, este aerogerador baseia-se no design da unidade Gamesa, especialmente no que diz respeito ao drivetrain.

 

3. Siemens-Gamesa Renewable Energy SWT-8.0-154

Esta turbina foi vista pela primeira vez em 2011 com uma unidade de 6 MW e com um diâmetro de 120 metros.

 

A Siemens também tem efetuado atualizações e atualmente a turbina SWT-8.0-154, virada para o mercado offshore, atinge uma potência de 8MW e um diâmetro estendido até aos 154 metros.

 

A turbina foi fabricada principalmente na Dinamarca, embora a Siemens tenha construído uma fábrica de lâminas e uma fábrica de montagem em Hull, Yorkshire.

 

4. Enercon E-126 7.5MW

Ao contrário da maioria dos exemplos desta lista, o Enercon E126 7.5 MW é projetado estritamente para o setor onshore. O E126 possui um rotor com um diâmetro de 127 metros.

 

Desenvolvido a partir de uma máquina de 6 MW revelada em 2007, a E-126 da Enercon, continua a ser o maior gerador de energia eólica terrestre (onshore).

 

Com uma potência de produção atual situada nos 7.5 MW, os representantes da Enercon acreditam ter potencial para atingir ainda mais.

 

O tamanho e o custo deste design limitaram a sua aceitação, mas um total de 87 máquinas de 6MW e 7.5MW estão agora operacionais, incluindo 38 E126s instalados na Holanda.

 

5. MHI Sea Angel 7 MW

A turbina com uma capacidade de produção de 7 MW, pertence à Mitsubishi Heavy Industries (MHI) e, por um curto período de tempo, teve a maior lâmina do mundo.

 

A primeira máquina foi instalada em 2014 e chegou logo após o anúncio de que a MHI e a Vestas lançaram uma joint venture (MHI Vestas) para desenvolver o aerogerador V164 (ver 1º exemplo).

 

O MHI 7 MW, também conhecido como o Sea Angel, foi instalado pela primeira vez no Hunterston Test Center, na Escócia. Seguiu-se uma outra instalação na da costa japonesa perto de Fukushima. Esta instalação foi feita numa base flutuante.

 

Este aerogerador também voltado para o sistema offshore, possui um rotor com diâmetro de 167 metros. No entanto, é pouco provável que entre em produção em série, pois a Mitsubishi tem a sua atenção voltada para a joint venture offshore com a Vestas.

 

6. Samsung S7.0 171 7MW

 

O modelo da Samsung S7.0 171 7MW era uma das mais promissoras e inovadoras séries de aerogeradores no mercado offshore.

 

Entre as suas características, destaca-se o comprimento da pá que até ao momento, ainda é uma das mais compridas do mundo com quase 85 metros. Em primeiro lugar encontra-se como já referimos, a Adwen AD-180, com 88,4 metros.

 

Infelizmente o Samsung S7.0 ainda não entrou em produção, uma vez que a empresa Coreana informou que saiu do mercado de energia eólica offshore, por ainda ser era muito caro e muito incerto.

 

Este aerogerador possui um rotor com diâmetro de 171.2 metros, e ainda está no lugar onde era suposto ser instalado, na Escócia. Atualmente está a ser usado como um centro de treino, após um acordo com o ORE Catapult, a organização de tecnologia limpa do Reino Unido.

 

7. Ming Yang 6.5 MW SCD (Super Compact Drive)

Passaram-se 80 anos desde que a fabricante chinesa Ming Yang assinou um acordo com a empresa alemã de design Aerodyn para construir a sua turbina offshore de duas lâminas para o mercado chinês.

 

O primeiro protótipo com um diâmetro do rotor de 130 metros e uma capacidade de produção de 6.5 MW foi instalado na China no segundo semestre de 2014, onde foi testado.

 

A Aerodyn projetou uma plataforma flutuante para o Ming Yang SCD 6.5MW, embora nunca tenha entrado em produção.

 

A empresa pretende ainda vender a turbina para mercados fora da China, e está atualmente a trabalhar numa variante de 8 MW com um diâmetro de rotor de 168 metros.

 

8. Senvion 6M 6.2MW

Introduzida como uma unidade de 5MW em 2004 sob a marca Repower, a Senvion, continuou a desenvolver esta turbina offshore.

 

A potência foi aumentada para 6.15 MW e o diâmetro do rotor também aumentou de 126 para 152 metros, permitindo que seja instalado em locais com menor intensidade de vento.

 

O maior comprimento da lâmina proporciona um aumento de 20% no rendimento, a velocidades de vento de 9,5 m /s, de acordo com a empresa. Também melhorou a extensão da vida útil, que passou de 20 para 25 anos.

 

O aerogerador tem como objetivo continuar o sucesso conseguido com o seu antecessor 5 MW, que foi um dos maiores quando foi lançado em 2004, tendo sido a primeira turbina de 5 MW a ser instalada em massa e usada em grandes projetos do Mar do Norte e no mar da Irlanda.

 

O aerogerador Senvion de 6.2 MW foi lançado tanto para o setor onshore como offshore.

9. GE Haliade 6MW

No final de 2016, a turbina offshore GE Haliade de 6 MW, projetada pela empresa francesa Alstom, começou a gerar eletricidade no seu primeiro projeto comercial, (o desenvolvimento da ilha Block nos EUA). Foi o primeiro parque eólico offshore da América.

 

Este modelo já obteve o recorde das pás com maior comprimento (73,5 metros), desenvolvidas em parceria com a LM Wind Power, até à chegada da Siemens, que fabricou pás com 75 metros de comprimento. Atualmente esse record pertence à Adwen AD-180, com 88,4 metros.

 

Esta turbina tem lâminas de 73,5 metros e um diâmetro de rotor situado nos 150.8 metros.

 

10. Sinovel SL6000

O modelo SL6000 do fabricante chinês Sinovel, que iniciou a sua produção com uma máquina de 5 MW, em 2011 aumentou a potência da turbina para 6 MW e um diâmetro de rotor com 128 metros. Atualmente a empresa aumentou também o diâmetro de rotor para 155 metros.

 

Este modelo já foi testado com uma temperatura de 45 ºC e uma velocidade de vento até 62,5 metros/segundo.

 

O fabricante Sinovel afirma que se encontra na fase final de desenho e projeto de um aerogerador com uma potência de 10 MW.

 

Fonte: Noctula Consutores em Ambiente
Link Para Notícia: https://noctula.pt/maiores-aerogeradores-do-mundo/#!prettyPhoto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *