Renova Energia não afetará nota de crédito da Cemig, diz Fitch

MME defende construção de usinas médias
19 de novembro de 2019
State Grid espera modelo de venda para definir disputa pela Eletrobras
19 de novembro de 2019
Mostrar tudo

Renova Energia não afetará nota de crédito da Cemig, diz Fitch

Elétrica mineira não garante nenhuma dívida da Renova e não tem exposição em termos de aceleração da dívida

 

O pedido de recuperação judicial da Renova Energia não afetará a nota de risco crédito da Cemig ou de suas subsidiárias, informou a agência de classificação de risco Fitch Ratings. A Cemig e suas subsidiárias estão classificadas como risco de crédito em moeda local ‘B +’ e rating nacional de longo prazo em ‘A-(bra), com perspectivas positivas.

 

 

 

A recuperação judicial da Renova contempla obrigações de cerca de R$ 3,1 bilhões, incluindo R$ 688 milhões para a Cemig. A Cemig tinha posição de liquidez de R$ 1,4 bilhões no final de junho de 2019.

 

 

 

“A Fitch não prevê nenhum impacto financeiro para Cemig, incluindo restrições em relação a capacidade da empresa de captar novas dívidas, apesar da participação significativa da empresa na Renova”, diz o comunicado ao mercado.

 

 

 

A elétrica mineira não garante nenhuma dívida da Renova e não tem exposição em termos de aceleração da dívida, uma vez que a Renova não está incluída em cláusulas de inadimplência cruzada em nenhum dos instrumentos de dívida no mercado local ou internacional.

 

 

 

A Renova Energia entrou com pedido de recuperação judicial nesta semana, após a AES Tietê desistir da aquisição do projeto eólico Alto Sertão III, na Bahia. A Cemig é a principal acionista da renova, com 45,83%. A Light, que também era acionista da Renova e subsidiária da Cemig, vendeu sua participação de 17,17% por R$ 1,00 ao CG I Fundo de Investimento em Participações Multiestratégia.

 

 

 

O Juiz da 2º Vara de Falências e Recuperações Judiciais da Comarca do Estado de São Paulo aceitou o pedido de recuperação judicial ajuizado pela Renova Energia e suas sociedades controladas, determinando algumas medidas emergenciais como a Nomeação da KPMG Corporate Finance para atuar como administradora judicial do processo.

 

 

 

Escrito por: Wagner Freire

Fonte: Canal Energia

Link para da notícia: https://www.canalenergia.com.br/noticias/53115420/renova-energia-nao-afetara-nota-de-credito-da-cemig-diz-fitch

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *