Mais de 3 GW de projetos solares previstos para o mercado livre

A influencia indiana no mercado global de energia
21 de janeiro de 2020
Novo ar-condicionado Xiaomi economiza energia
21 de janeiro de 2020
Mostrar tudo

Mais de 3 GW de projetos solares previstos para o mercado livre

 

Há 3,2 GW de projetos de usinas solares de grande porte que devem ser destinados exclusivamente ao mercado livre. A estimativa é da empresa de consultoria e pesquisa Greener, baseada em projetos com outorga mas que não possuem contrato de comercialização no mercado regulado. Desses projetos, 66% não participaram dos leilões realizados no ano passado. 

 

 

A maioria dos projetos, 56%, está localizada no submercado SE/CO, com destaque para o estado de Minas Gerais que representa 1,2 GW do total identificado. Segundo a empresa, o número elevado de projetos no Sudeste, em linha com a localização das principais cargas, evidencia a preferência dos empreendedores em priorizar a geração na mesma região que os consumidores, reduzindo os riscos de fornecimento em diferentes submercados. 

 

 

Leilões 

 

Já no mercado regulado foram contratados até o fim do ano passado 4,4 GW em projetos solares. Desse total, 2,2 GW estão em operação, 1 GW está em fase de construção e 1,1 GW com construção não iniciada. A maior parte dos empreendimentos contratados em leilões, 75%, são localizados no Nordeste. Dentre os estados, o Piauí se destaca por ter a maior potência contratada, 989 MW. 

 

 

Os projetos solares do mercado regulado demandaram R$ 10,6 bilhões em investimentos até 2019. Entre 2020 e 2025, a Greener prevê que R$ 9,5 bilhões serão investidos em grandes usinas contratadas nos leilões. Caso haja contratação de novos empreendimentos nos leilões previstos para este e para o próximo ano, esse valor pode aumentar.

 

 

 

Escrito por: Thais Custodio

Fonte: Energia Hoje

Link da notícia: https://energiahoje.editorabrasilenergia.com.br/mais-de-3-gw-de-projetos-solares-previstos-para-o-mercado-livre/

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *