Projeto da Câmara isenta micro e minigeração de energia elétrica

CCEE discute desligar comercializadoras de energia após tensão no mercado em 2019
29 de janeiro de 2020
EPE publica Roadmap para eólicas offshore
29 de janeiro de 2020
Mostrar tudo

Projeto da Câmara isenta micro e minigeração de energia elétrica

 

Para terem acesso ao desconto de 100%, esses consumidores precisam solicitar acesso às distribuidoras de energia, conforme regulamentação da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), até 31 de março de 2020. Caso não o façam, o projeto prevê que o desconto será de 50%.

 

 

Microgeradores são os que geram até 75 kW de energia, e minigeradores, de 75 kW a 3 mil kW.

 

 

Autor do projeto, o deputado Silas Câmara (Republicanos-AM) argumenta que, em 2019, existiam cerca de 130 mil unidades consumidores no País produzindo energia a partir de fontes renováveis, com uma capacidade instalada de 1,6 GW, o que representa 1% da matriz energética nacional.

 

“Para que esse modelo de geração, proveniente de fontes renováveis, continue crescendo e trazendo benefícios para o País, com grande geração de empregos, benefícios ambientais e para o setor elétrico, é importante existir um arcabouço legal que garanta segurança jurídica e os recursos necessários para seu desenvolvimento” afirmou o deputado, ao justificar as alterações na lei que criou a Aneel.

 

 

Tramitação

O texto será analisado em caráter conclusivo pelas comissões de Minas e Energia; de Finanças e Tributação; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

 

Escrito por: Agência Câmara

Fonte: Moneytimes

Link da notícia: https://moneytimes.com.br/projeto-da-camara-isenta-micro-e-minigeracao-de-energia-eletrica/

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *