BR alerta para risco de desabastecimento de diesel

Equinor lidera investimentos em renováveis
2 de junho de 2020
Empresa de energia solar que promete 16% ao mês pode ser pirâmide, diz CVM
9 de junho de 2020
Mostrar tudo

BR alerta para risco de desabastecimento de diesel



Companhia pediu à ANP suspensão de penalidade que a impedirá de adquirir combustível da Petrobras

A BR Distribuidora solicitou à ANP a suspensão de uma penalidade que a impedirá de comprar óleo diesel A da Petrobras a partir do próximo dia 3 de junho. Segundo a empresa, caso mantida, a decisão poderá gerar risco de desabastecimento do combustível no país.

Na última quinta-feira (27/5), a agência reguladora determinou a suspensão da venda do óleo diesel A pela petroleira à BR por não ter identificado a comprovação de aquisição de 6,270 mil m³ de biodiesel via leilão realizado pela ANP para comprovar a aquisição do produto em volume compatível à aquisição do diesel A.

Segundo a BR, a diferença aconteceu porque, em maio, houve aumento de cerca de 20% acima das expectativas da demanda por óleo diesel B (misturado ao biodiesel), o que a forçou a adquirir óleo diesel A acima do previsto, sobretudo, para os estados do Paraná e Mato Grosso.


A distribuidora alega ainda que foi necessário antecipar a compra de óleo diesel A para o estado de Rondônia porque o Rio Madeira, que, normalmente, tem sua navegabilidade diminuída somente a partir de julho, teve seu espelho d’água reduzido no início do mês de maio “de forma bastante acelerada”.


A disparidade de estoques também refletiu, segundo a BR, a aquisição de B100 (biodiesel puro) acima da demanda em abril, já que, naquele mês, a empresa afirma não ter declarado “força maior” nos contratos com os produtores de biodiesel e a Petrobras em função da queda de consumo em meio à crise sanitária da Covid-19.


Ressaltando que está, desde o início de maio, trabalhando para adquirir a quantidade de biodiesel necessária para equilibrar os estoques, a empresa assinala que a penalidade da ANP é “extremamente gravosa e onerosa” para a BR e demais distribuidoras do setor, sobretudo em uma situação de imprevisibilidade como a atual.


“A eficácia desta norma configura-se como um remédio que tem um efeito mais prejudicial ao paciente (sociedade e consumidores) do que a doença (risco de desabastecimento). A aplicação da penalidade disposta na norma diminui a quantidade de distribuidoras que ofertam o óleo diesel B, causando desabastecimento – sobretudo se a BR, maior distribuidora do país, for suspensa –, e aumentando o preço do produto ao consumidor final – inclusive para os caminhoneiros, o que pode gerar outra crise como a verificada em maio e junho de 2018”, alerta a companhia.


Procurada, a ANP informou que ainda responderá à BR Distribuidora.


Fonte : Energia Hoje

Escrito por :João Montenegro

Link da Notícia :https://energiahoje.editorabrasilenergia.com.br/br-alerta-para-risco-de-desabastecimento-de-diesel/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *