Enerbios vê ACL crescer e estuda investir em eletromobilidade

Impulsionada pelo mercado livre, capacidade instalada deve chegar a 200 GW em 2024
22 de setembro de 2020
Ensino remoto: diálogo e interação preocupam professores
22 de setembro de 2020
Mostrar tudo

Enerbios vê ACL crescer e estuda investir em eletromobilidade

Empresa avança com construção de oito ativos enquanto percebe procura maior de possíveis investidores no mercado pós pandemia e analisa negócio envolvendo rede de postos de combustíveis para recarga de VEs

A empresa de serviços e consultoria em energias renováveis e meio ambiente Enerbios, do grupo Enercons, tem notado uma procura maior de clientes e possíveis interessados nos estudos de viabilidade para investir ou desenvolver novos projetos após os primeiros meses de pandemia, sentindo também os possíveis efeitos da migração de consumidores de energia elétrica para o ambiente de contratação livre (ACL).

Segundo o presidente da companhia, Ivo Pugnaloni, além do Complexo Eólico de Palmas II (PR – 200 MW), a empresa avança com sete projetos envolvendo três PCHs no Paraná, duas em Santa Catarina, além de uma CGH no Rio Grande do Sul e outra no Paraná. “Os investidores estão percebendo que o mercado livre vai crescer muito além do que atende hoje”, pontua.

A empresa opera atualmente no ACL provendo uma das três plataformas nacionais para o chamado leilão reverso, com a estratégia de buscar clientes que migraram a mais tempo e lhes propor que não renovem automaticamente seus contratos, mas que façam leilões de energia privados para que escolherem o melhor preço.

“Temos quase 300 comercializadoras no Brasil e 200 na fila da CCEE. Nosso foco é assessorar e promover essa concorrência entre as empresas”, avalia o executivo.

Eletromobilidade – Em entrevista à Agência CanalEnergia, o presidente da Enerbios também falou sobre novos planos e perspectivas da companhia para os próximos anos, como o desenvolvimento de um mercado de atendimento em redes de postos de combustível e concessionárias que venham a comercializar energia para veículos elétricos, tanto no regime overnight como no express, onde 80% da carga é feita em 20 minutos.

Pugnaloni revelou que a empresa está muito interessada nesse mercado, mantendo inclusive contato com investidores americanos para avaliar a estrutura do negócio, que também poderá incluir a revenda de peças de reposição para esse tipo de automóvel. “É como se fosse uma franquia dentro do posto que adquire energia para atender as recargas como um negócio agregado a unidade convencional”, finaliza.

Fonte : Canal Energia

Escrito por : Henrique Faerman

Link da Notícia : https://www.canalenergia.com.br/noticias/53147303/enerbios-ve-acl-crescer-e-estuda-investir-em-eletromobilidade

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *