Certificado de energia renovável e outras vantagens para a sua empresa no Mercado Livre de Energia

Entrevista: Energia elétrica vai ficar mais cara, mas há alternativa, diz especialista
27 de outubro de 2020
Apresentador de rádio usa controles Tesla para pegar ladrões de carros
28 de outubro de 2020
Mostrar tudo

Certificado de energia renovável e outras vantagens para a sua empresa no Mercado Livre de Energia

No Mercado Livre de Energia, o consumidor passa a ter mais vantagens ao contratar um fornecedor, como a possibilidade de obter um certificado de energia renovável e poder diminuir custos com a Tarifa de Uso do Sistema de Distribuição

No Mercado Livre de Energia, o consumidor passa a ter mais vantagens ao contratar um fornecedor, como a possibilidade de obter um certificado de energia renovável, poder diminuir custos com a Tarifa de Uso do Sistema de Distribuição (TUSD), além de poder escolher entre os tipos de energia renováveis e não renováveis que deseja contratar.

Nesta modalidade, dividem-se os tipos de energia de duas formas: a Energia Convencional (proveniente de fontes como hidrelétricas de grande porte e termelétricas) e a Energia Incentivada (gerada por fontes como a solar, eólica, biomassa, cogeração qualificada, ou a partir de Pequenas Centrais Hidrelétricas – PCHs).

O principal fator competitivo é que o consumidor da energia convencional não tem direito ao desconto na Tarifa de Uso do Sistema de Distribuição (TUSD). Já o consumidor da energia incentivada, além de adquirir sua energia a partir de fontes mais sustentáveis, pode obter desconto expressivo na TUSD.

O que vai impactar a escolha do consumidor é, de fato, o preço mensal da sua conta de luz. Por esse e outros benefícios, o Mercado Livre de Energia demonstra vantagens que estão atraindo cada vez mais empresas.

Desvendando a Energia Incentivada e as Certificações de Energia Renovável

A energia incentivada pode não ser familiar, mas ela existe para promover a geração de energia elétrica por outras fontes. A matriz energética brasileira tinha e ainda tem a geração de energia por hidrelétricas como sua principal fonte. O governo utilizou de políticas públicas com subsídios de incentivo para estimular a adoção de outras fontes, como a cogeração qualificada por gás natural e a eólica, por exemplo, o que justifica o nome.

Para que tais tecnologias de geração de energia obtenham viabilidade mínima econômica, a fim de ampliar a matriz elétrica brasileira por meio dessas fontes, o governo utilizou destes mecanismos de incentivo, resultando em vantagens para o consumidor.

Os descontos atribuídos variam de 50% ou 100% na Tarifa de Uso do Sistema de Distribuição, conforme estipulado pela Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL). O preço e o desconto vão de acordo com o tipo de energia contratada, perfil de consumo da empresa e a oferta da distribuidora.

Uma dúvida muito comum neste ambiente de negócios é: ao comprar energia incentivada, a empresa pode considerar como zeradas as emissões de Escopo 2, por exemplo? A resposta é não. Só é possível comprovar a fonte através da Energia Certificada – quando a energia gerada é acompanhada de um certificado de energia renovável, os chamados Certificados de Energia Renovável (RECs).

Antes de apresentarmos as formas de obter as certificações de energia renovável, entenda o que acontece entre mundo físico e mundo comercial.

Energia Incentivada e Certificada: diferenças no mundo físico e comercial

No mundo físico temos a geração, transmissão, distribuição e o consumo de energia. Ou seja, desde a produção da energia na usina até a chegada na sua empresa ou residência para a utilização. Já o mundo comercial está diretamente ligado às relações contratuais estabelecidas com os participantes desse mercado. Por que é importante entendê-los? Porque um mundo depende do outro, mas são diferentes.

O Sistema Interligado Nacional (SIN) é constituído por quatro subsistemas (ou submercados): Sul, Sudeste/Centro-Oeste, Nordeste e a maior parte da região Norte. Portanto, o SIN permite que toda a energia gerada no Brasil chegue até os consumidores, indiferente da sua região.

Imagine a seguinte situação: no mundo físico existem algumas limitações quando se trata do transporte ou transmissão de energia. Entretanto, por ser um sistema interligado, ele permite que as relações contratuais aconteçam em qualquer região do país.

Do ponto de vista físico, pode-se imaginar que o consumidor seja atendido pela usina que está mais próxima. Portanto, a energia gerada no subsistema Sul poderá não atender um consumidor no Nordeste a todo o momento. Entretanto, é possível realizar contratação de forma comercial entre um gerador no Sul e um consumidor no Nordeste, pois ambos estão conectados ao SIN. Isso porque os sistemas de transmissão integram as diferentes fontes de produção de energia para o suprimento do consumidor.

No entanto, supondo que você, consumidor, deseja relatar zero emissão de carbono ao comprar energia incentivada, não será possível pois não há possibilidade de rastrear fisicamente a origem da sua fonte. Além de que, sua empresa consome energia de um mix de fontes ligadas ao SIN (ao grid elétrico).

Então, como comprovar? Para vincular a energia consumida da empresa com uma geração de energia renovável, existem os RECS – Certificados de Energia Renovável, tanto para energia convencional quanto para incentivada.

Vantagens da Energia Certificada: entenda o que é e como obter certificado de energia renovável

Já sabemos que o consumidor pode escolher a forma como contratar sua energia dentro do Mercado Livre e, assim, usufruir dos benefícios, entre eles os Certificados de Energia RenovávelMas, o que de fato comprova a energia certificada?

O consumidor que deseja obter energia certificada com a ENGIE, pode optar por um contrato de energia renovável (ENGIE-REC) dentro do Mercado Livre de Energia – o qual garante a origem da geração de energia e a exclusividade do atributo ambiental – ou, adquirir certificados de energia renovável que comprovam que a eletricidade consumida é proveniente de fonte renovável, por exemplo, o I-REC. Neste caso, o emissor local no Brasil é o Instituto Totum.

Fonte : Além da Energia

Link da Notícia : https://www.alemdaenergia.com.br/certificado-de-energia-renovavel-e-outras-vantagens-para-a-sua-empresa-no-mercado-livre-de-energia/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *