Bolsonaro participa de inauguração de PCH em Renascença

Amapá entra no 4º dia de apagão com 89% da população atingida
6 de novembro de 2020
Governador ressalta a importância das pequenas centrais hidrelétricas
9 de novembro de 2020
Mostrar tudo

Bolsonaro participa de inauguração de PCH em Renascença

Central tem capacidade de geração de seis megawatts

Na tarde desta sexta-feira (6), o presidente Jair Bolsonaro esteve em Renascença participando da inauguração de uma pequena central hidrelétrica, a PCH Bedim. Localizada na comunidade de linha Guaraci, a central tem capacidade de seis megawatts, o suficiente para fornecer energia para 12 mil residências, segundo informações da construtora.

Bolsonaro chegou ao local do evento por volta das 16h, acompanhado de secretários de governo e outros representantes de ministérios como o da Infraestrutura. Também participaram da solenidade o governador Ratinho Junior, o chefe da Casa Civil do Paraná, Guto Silva, além de deputados.

Prefeitos e outras lideranças da região acompanharam a solenidade, assim como apoiadores do presidente. A primeira atividade e Bolsonaro no local foi a soltura de alevinos no lago formado pela barragem. Em seguida, o presidente plantou uma muda de araucária, junto como governador Ratinho Junior.

Bolsonaro e Ratinho Junior participaram de plantio de árvore

Os atos foram realizados para simbolizar os projetos de conservação do meio ambiente, aplicados no entorno da central hidrelétrica.
Em sua fala, Bolsonaro destacou a frequência com que visitou o Paraná durante o seu mandato. Desde que assumiu a presidência, ele já esteve no estado em cinco ocasiões. “Isso é por conta do bom relacionamento que temos com o governador Ratinho Junior”, justificou.


Bolsonaro também disse que a inauguração de obras com a PCH Bedim também é reflexo do que ele chamou de maior agilidade nos processos de licenças ambientais. Ele também destacou a possibilidade de utilização dos lagos para a piscicultura. “Uma superfície de um quilômetro quadrado poderia gerar de 10 a 15 toneladas de tilápia por ano”, completou.


O governador Ratinho Junior também atribuiu a construção de novas PCHs ao que chamou de maior agilidade na liberação de licenças ambientais. A PCH Bedim, segundo ele, é a primeira central inaugurada de um total de 48 que já possuem autorização para construção em todo o estado.

Bolsonaro também participou da soltura de alevinos no lago da PCH

Segundo Ratinho, além de contribuir com a geração de energia para as propriedades rurais, a construção de centrais hidrelétricas gera empregos no curto e médio prazo, assim como outras obras de infraestrutura. O governador também mencionou o uso de equipamentos e matérias-primas regionais na construção da obra.

Centrais hidrelétricas
O lago da PCH Bedin fica na junção dos rios Santana e Marmeleiro. A obra durou cerca de nove meses. De acordo com Paulo Arbex, presidente da Associação Brasileira de PCHs e CGHs (ABRAPCH), a unidade faz parte de um complexo com potência instalada de 12 megawatts.


Ele mencionou as ações de preservação ambiental realizadas no entorno da obra. “Essa usina está plantando mais de 100 mil mudas de espécies nativas, ela está na verdade reflorestando a área, em cerca de 50 metros no entorno de todo o reservatório. É uma energia limpa, barata, que vai durar séculos”, afirmou.

O presidente se pronuncia na solenidade de inauguração

Arbex disse ainda que está havendo uma retomada no setor de PCHs, que representam um total de 4% do total de energia gerada no Brasil. “Especificamente no Paraná há um programa de racionalizar o processo de licenciamento ambiental, que vinha demorando de oito a dez anos, para que os pequenos empreendimentos possam ser aprovados de forma mais célere, de forma racional”, comentou.

Fonte : Diário do Sudoeste

Link da Notícia : https://diariodosudoeste.com.br/regiao/bolsonaro-participa-de-inauguracao-de-pch-em-renascenca/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *