Fonte abundante de energia limpa e barata viabiliza hidrogênio verde

Aneel outorga 411,6 MW eólicos como produção independente no NE
16 de novembro de 2020
Brasil registra aumento de 3,9 GW em novas usinas até novembro
19 de novembro de 2020
Mostrar tudo

Fonte abundante de energia limpa e barata viabiliza hidrogênio verde

Ex-ministro e diretor do Banco Safra, cita preços da energia renovável e de equipamentos como positivos para o hidrogênio verde

Ter fonte de energia barata e limpa torna o hidrogênio verde viável, avaliou o diretor de Estratégia Econômica e Relações com Mercados do Banco Safra e ex-ministro da Fazenda, Joaquim Levy, em palestra no Brazil Windpower 2020.

O hidrogênio é visto como um importante fator para que se tenha uma economia neutra em carbono. Como sua produção depende de energia, sua classificação muda conforme a fonte. O hidrogênio verde é aquele cuja produção usa energias renováveis, sem emissão de carbono.

Levy lembrou, ainda, que não só a energia renovável está mais barata, mas também os equipamentos para a produção de hidrogênio verde — chamada de eletrólise.

“O custo caiu, na maior parte dos casos, na ordem de 40% a 50%. Mas já há projetos experimentais com quedas maiores ainda, de até 80%. Isso leva a um custo do hidrogênio que começa a ser competitivo como fonte de energia para várias outras coisas”, disse.

O diretor do Banco Safra citou os possíveis usos do hidrogênio também na indústria, como fonte de calor mas também como matéria prima. E ressaltou o potencial do combustível para se tornar produto de exportação.

“Acredito que dentro de qualquer plano para você ter uma economia de zero carbono líquida em 2050, o hidrogênio vai ter muitas possibilidades. Além de poder se tornar um artigo de exportação com uma demanda bastante clara de países europeus”, acrescentou.

Diferentemente da energia comum, hidrogênio tem transporte mais fácil

Como vantagem do hidrogênio enquanto fonte de energia, Ben Backwell, CEO do Conselho Global de Energia Eólica (GWEC), apontou a facilidade no transporte. Afinal, diferentemente da energia elétrica, o hidrogênio não exige linhas de transmissão.

Em relação aos investimentos renováveis, Levy ressalta que a grande vantagem deles é o baixo risco. Ele avalia que, nos combustíveis fósseis, há o risco de encontrar, explorar e produzir, além da alta flutuação de preços. Mas que isso não existe com os renováveis, que têm apenas um custo alto no início.

energia eolica

Segundo Levy, em razão do conhecimento que já se tem sobre a energia eólica no Brasil — como saber os lugares onde novos sítios podem ser construídos, por exemplo, e a capacidade já instalada —, este setor pode responder mais rapidamente na retomada econômica.

Já Elbia Gannoum, presidente da Associação Brasileira de Energia Eólica (Abeeólica), listou os benefícios da fonte eólica com relação ao social e à economia. Entram na lista a geração de empregos com operação e manutenção na região em que o parque é instalado e regulação fundiária. Além disso, há efeitos multiplicadores na renda, elevando o PIB local, e na geração de receitas com impostos.

Fonte: Além da Energia

Link da Notícia: https://www.alemdaenergia.com.br/fonte-abundante-de-energia-limpa-e-barata-viabiliza-hidrogenio-verde/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *