Pular para o conteúdo

Doze unidades estão operando na usina hidrelétrica de Baihetan, de 16 GW, na China

A unidade nº 8 da usina hidrelétrica Baihetan de 16 GW, a maior usina hidrelétrica do mundo em construção de acordo com a desenvolvedora China Three Gorges Corporation, iniciou oficialmente a operação comercial em 22 de setembro.

O comissionamento, após 72 horas de operação experimental, marca a entrada em operação de 12 das 16 unidades turbina-geradoras, as maiores do mundo em capacidade para uma única unidade de 1 GW cada. A geração cumulativa de energia da instalação é superior a 41 bilhões de kWh.

A usina hidrelétrica de Baihetan abrange as províncias de Yunnan e Sichuan, no sudoeste da China, e está localizada no rio Jinsha, na parte superior do rio Yangtze. É um megaprojeto no programa de transmissão de energia oeste-leste da China, que visa transmitir eletricidade da parte ocidental rica em recursos da China para regiões com fome de energia no leste da China.

Depois de atingir a operação total, a usina hidrelétrica de Baihetan seria a segunda maior do mundo em seu tipo, depois da represa das Três Gargantas da China, com 22,5 GW. A estação pode gerar 62,4 bilhões de kWh de eletricidade todos os anos, reduzindo o uso de 19,68 milhões de toneladas de carvão e reduzindo as emissões equivalentes a 51,6 milhões de toneladas de dióxido de carbono.

Baihetan é considerado um dos maiores e mais desafiadores projetos de engenharia da China. De acordo com o CTGC, as principais estruturas do projeto consistem na barragem, estruturas de descarga de enchentes, desvio de água e instalações de geração de energia. A barragem é uma barragem de arco de curvatura dupla com uma altura máxima de 277 m, uma elevação de crista de 827 m, uma largura de crista de 13 m e uma largura máxima de fundo de 72 m.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: