Pular para o conteúdo

Marcelo Moraes é escolhido para o novo “Conselhão” do governo Lula

Presidente do Fmase vai representar o setor elétrico no Conselho de Desenvolvimento Econômico Social Sustentável

O presidente do Fórum de Meio Ambiente e Sustentabilidade do Setor Elétrico (Fmase), Marcelo Moraes, vai integrar o Conselho de Desenvolvimento Econômico Social Sustentável (CDESS), um nova versão do antigo “Conselhão” do primeiro governo Lula. O grupo composto por representantes de diferentes segmentos da sociedade e empresários continuará sendo um órgão de assessoramento do presidente da República na formulação de políticas e diretrizes, agora incluindo a parte de sustentabilidade.

A participação no CDESS é vista pelo executivo como um oportunidade de estabelecer uma conexão entre o setor elétrico e o governo. Moraes destaca a proximidade com a Presidência da República, em um grupo no qual ele vai poder contribuir com sugestões para um setor que é importante para o desenvolvimento do país.

O decreto de recriação do antigo Conselho de Desenvolvimento Economico e Social, que tinha sido desativado no governo Bolsonaro, prevê a instalação de comissões temáticas e grupos de trabalho destinados ao estudo e à elaboração de propostas sobre temas específicos.

Seus integrantes poderão também apreciar propostas de políticas públicas, de reformas estruturais e de desenvolvimento econômico social sustentável apresentadas pelo presidente.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: